Piergiacomo – coalizão de dermatologistas – um grupo de dermatologistas

0

E também há o aspect Dermo  da ativação da coagulação que também parece ocorrer localmente na publicamos estudos sobre a ligação entre inflamação e coagulação também em tempos pré-covídeos “.   O Presidente SIDEMAST Piergiacomo Calzavara Pinton explica como certas lesões de pele podem ser luz de um distúrbio reumatológico

Para esclarecer – Dermo

O dermatologista explica os casos Dermo em que nossa pele sinaliza a presença de uma doença auto-imune ANGELA NANNI PUBLICADO EM 10 de abril de 2019 ÚLTIMA EDIÇÃO 14 de junho de 2019 18:06 Pode acontecer que uma lesão na pele seja um sintoma de uma doença reumatológica.

Para esclarecer - Dermo

É por isso que nenhuma lesão de Dermo  pele grande ou pequena nunca deve ser subestimada, um grupo de dermatologistas mas um diagnóstico correto sempre deve ser buscado. Se a lesão dermatológica é um sinal de um problema reumatológico, é essencial uma estreita colaboração entre o reumatologista e o dermatologista.

Para esclarecer, pedimos a Piergiacomo Dermo  Calzavara Pinton Presidente da SIDeMAST (Sociedade Italiana de Dermatologia) e Diretor da Clínica de Dermatologia,

“Spedali Civili” de Brescia – coalizão de dermatologistas Leia também Dermo : Doenças autoimunes reumáticas, mulheres mais em risco   Uma lesão cutânea pode ser um sinal de um problema sistêmico mais sério?   “Algumas manifestações cutâneas de diferentes tipos representam o primeiro sinal do aparecimento de

O exemplo – saúde e Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venerologia

Doenças autoimunes ou saúde  reumatológicas, que também podem ser muito graves porque afetam órgãos internos e / ou o sistema músculo-esquelético. O exemplo mais conhecido é o da psoríase cutânea que em 20% casos associados à artrite.

Outras doenças auto-imunes saúde  graves e sistêmicas, como lúpus, dermatomiosite, esclerodermia e vasculite, também são precedidas ou acompanhadas por lesões cutâneas específicas ” Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venerologia.   No caso do lúpus, quais são as manifestações dermatológicas que ocorrem inicialmente?

“O envolvimento contínuo do lúpus na saúde pele pode ser muito heterogêneo e polimórfico, sendo representado principalmente, mas não exclusivamente, por três subconjuntos de apresentação, como lúpus agudo (ou sistêmico), subagudo e crônico (ou discóide).

No lúpus eritematoso crônico, a pele saúde  No Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) e no Lúpus Eritematoso Subagudo (LEC), contudo, reações inflamatórias auto-imunes poderosas podem afetar potencialmente qualquer órgão, incluindo principalmente articulações.

O exemplo - saúde e Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venerologia

Coração, pulmão, rins, pleura e pericárdio. saúde e é acompanhada pela presença quase constante de autoanticorpos da família ANA e ENA – Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venerologia. Leia também: coalizão de dermatologistas A DOENÇA DA PELE DURA QUE PAUL KLEE MORREU

É verdade – reuniões de dermatologistas

É verdade que existem alguns reuniões de dermatologistas um grupo de dermatologistas medicamentos que podem desencadear uma imagem semelhante ao lúpus Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venerologia? 

“Sim, é verdade. Entre reuniões de dermatologistas  os medicamentos capazes de desencadear um quadro semelhante ao LES estão a hidralazina, usada para hipertensão, procainamida usada para arritmias cardíacas, a isoniazida, um antibiótico usado para tuberculose, mas o quadro também pode ser induzido por algumas novas terapias para a mama. e câncer de cólon “.

O que significa que as lesões do reuniões de dermatologistas  lúpus são altamente sensíveis?   “Na prática, a exposição a pessoas que sofrem de luz solar pode induzir ou agravar as manifestações cutâneas da doença e também pode atuar como um gatilho para o desenvolvimento / re-ignição de manifestações sistêmicas.

Por esse motivo, esses pacientes devem reuniões de dermatologistas  evitar absolutamente a exposição aos raios ultravioletas. adotando medidas absolutas de fotoproteção.Em essência, elas devem aplicar uma quantidade abundante, no caso do rosto, por exemplo, pelo menos uma colher de chá de protetor solar com fator de SPF maior que

50 e excelente proteção UVA coalizão de dermatologistas, eles devem reuniões de dermatologistas repetir A aplicação é realizada a cada 1-2 horas e nunca deve ser exposta diretamente à luz solar, além de permanecer coberta com roupas e chapéu o máximo possível, além de evitar lâmpadas de bronzeamento ».

LEIA TAMBÉM: PSORÍASE, OS PACIENTES DESESPERADOS COM CUIDADOS  

Quais são as manifestações cutâneas da dermatomiosite?   “O dermatomiosiste é uma doença auto-imune que afeta principalmente músculos e pele: na pele pode se manifestar com pequenos relevos vermelho-púrpura acima da superfície extensora das articulações das mãos, cotovelos, joelhos e maléolos internos.

Esta doença – associação de dermatologistas

Dos tornozelos, identificados como associação de dermatologistas  pápulas de Guttron, que podem ocorrer sozinhos ou acompanhados de um inchaço marrom pálido das pálpebras e possivelmente acompanhar o chamado sinal do xale, ou seja, uma vermelhidão que afeta as áreas do pescoço, testa Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venerologia.

Esta doença - associação de dermatologistasÀs vezes, manchas vermelhas no couro associação de dermatologistas  cabeludo também podem estar associadas a essas lesões, à queda de cabelo e ao aparecimento de nódulos subcutâneos branco amarelado um grupo de dermatologistas, que geralmente crescem nas proeminências ósseas e são devidos a depósitos de cálcio ».

O que desencadeia  associação de dermatologistas  esta doença? 

“Não há causas específicas que induzam associação de dermatologistas o desenvolvimento dessa patologia, mesmo que, às vezes, fatores ambientais como vírus e medicamentos (incluindo os de colesterol) possam ser o gatilho”.   Qual é a terapia a seguir?   «A terapia da condição é baseada no uso de cortisona e imunossupressores.

Felizmente, a pesquisa em biotecnologia associação de dermatologistas  também disponibilizou novos medicamentos voltados para alvos moleculares específicos , como o rituximabe e o bloqueio do caminho da linfotoxina com resultados promissores e outros estão chegando em breve.

Mesmo na dermatomiosite coalizão de dermatologistas, a fotoproteção correta é absolutamente necessária porque o sol pode agravar a doença “.   Quais são os sinais de pele que podem indicar esclerodermia?   «Esta doença, numa base inflamatória do tecido conjuntivo, quando localizada apenas na pele, também é chamada de morféia, mas também pode produzir um envolvimento sistêmico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui